Close

Not a member yet? Register now and get started.

lock and key

Sign in to your account.

Account Login

Forgot your password?

Brasileiros continuam pessimistas, mostra pesquisa da CNI

Embora as perspectivas em relação à inflação e ao desemprego tenham melhorado um pouco em maio, os brasileiros continuam pessimistas. O Índice Nacional de Expectativa do Consumidor (INEC) alcançou 98,7 pontos neste mês e ficou praticamente estável em relação a abril. “O resultado mantém o índice no menor valor desde junho de 2001”, informa a pesquisa divulgada pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) nesta quarta-feira (27). O indicador de expectativa de inflação aumentou 3,1% e o de expectativa de desemprego subiu 2,7% frente a abril. Conforme a metodologia da pesquisa, a alta dos dois indicadores mostra que subiu o número de pessoas que espera a queda da inflação e do desemprego nos próximos seis meses. Mesmo assim, ambos indicadores estão muito abaixo do registrado em maio do ano passado, o que confirma que, mesmo com a leve melhora deste mês, muita gente aposta no aumento da inflação e do desemprego. O gerente-executivo da Unidade de Pesquisa e Competitividade da CNI, Renato da Fonseca, explica qual o impacto do pessimismo do consumidor na economia. A pesquisa mostra ainda que a população tem uma avaliação mais negativa da situação financeira e pretende reduzir as compras de maior valor. O indicador de situação financeira caiu 1% e o de compras de maior valor recuou 4,4% em relação a abril.

Feita em parceria com o Ibope Inteligência, esta edição do INEC ouviu 2.002 pessoas em 141 municípios entre 14 e 18 de maio.

(Agência CNI de Notícias – 28/08/2015)

Login