Close

Not a member yet? Register now and get started.

lock and key

Sign in to your account.

Account Login

Forgot your password?

Bovespa vira e opera em baixa com cenário externo

O principal índice da bolsa abriu em alta nesta quarta-feira (11), mas passou a operar no negativo, após ter caído na véspera com a pressão pela queda da Vale e Petrobras. Logo cedo, foram divulgados os balanços do Banco do Brasil e da Klabin, enquanto investidores repercutem entrevista do novo presidente da Petrobras, Aldemir Bendine, à TV Globo, na véspera. Às 11h10, o Ibovespa caía 0,61%, aos 48.216 . A alta dos papéis da Petrobras perdia força no fim da manhã. As ações avançavam por volta do mesmo horário. As ações preferenciais avançavam 0,56%, e as ordinárias, 0.34%. Na sessão anterior, elas chegaram a subir 5,6%, mas o fôlego não durou e as preferenciais fecharam em queda de 3,88% e as ordinárias com recuo de 4%, em meio a notícias desfavoráveis sobre a produção da estatal. As ações da mineradora Vale subiam quase 2%, após terem fechado em queda de 4,78%, devolvendo os ganhos de mais de 4% de segunda-feira. Em entrevista à Reuters, o presidente da mineradora, Murilo Ferreira, estimou que o preço do minério de ferro deve ficar acima de US$ 70 por tonelada no segundo trimestre e na maior parte do ano. Os agentes financeiros também monitoram julgamento da fusão da América Latina Logística (ALL) com a Rumo Logística, do grupo Cosan no Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade). No exterior, o petróleo engatava novo declínio, enquanto a Grécia mantinha a cautela em praças acionárias na Europa antes de uma reunião de ministros das Finanças da zona do euro a partir das 14h30 (horário de Brasília) para discutir como proceder com o apoio financeiro para o país.

(G1 – 11/02/2015)

Login