Close

Not a member yet? Register now and get started.

lock and key

Sign in to your account.

Account Login

Forgot your password?

Bovespa fecha semana em queda, de olho no cenário político

O principal índice da Bovespa fechou em queda nesta sexta-feira (4), em meio a movimentos de correções a fortes ganhos da véspera e com atenções voltadas aos desdobramentos ligados ao pedido de abertura de processo de impeachment contra a presidente Dilma Rousseff.

O Ibovespa, principal indicador de ações da bolsa paulista, recuou 2,23%, aos 45.360 pontos. Veja a cotação. Na semana, a bolsa caiu 1,12%. No ano, há desvalorização acumulada de 9,29%.

Perto do fim do pregão, as ações da Petrobras recuavam mais de 5%, acompanhando a reversão da alta nos preços do petróleo.

O movimento ocorria apesar do anúncio de reajuste no preço do gás liquefeito de petróleo (GLP) para uso industrial e comercial. Na véspera, as ações haviam subido mais de 6%.
Os papéis da Vale também caíam, na esteira de novo recuo dos preços do minério de ferro na China.

O quadro político permanecia sob os holofotes e sustentando alguma cautela, particularmente no que toca aos desdobramentos ligados ao pedido de abertura de processo de impeachment. O Supremo Tribunal Federal (STF) divulgou nesta sexta que ministros da Corte rejeitaram duas ações impetradas por aliados da presidente contra a decisão do presidente da Câmara, Eduardo Cunha.

Embora tenha destacado a divulgação do relatório de trabalho dos Estados Unidos na pauta do dia em nota a clientes mais cedo, o Credit Suisse ponderou que o mercado doméstico tende a adotar dinâmica própria por “um bom tempo” após a decisão de Cunha sobre o processo de impeachment.

Nos Estados Unidos, o Departamento de Trabalho divulgou a criação de 211 mil vagas de emprego fora do setor agrícola em novembro, enquanto a taxa de desemprego ficou em 5%, endossando expectativas de uma alta dos juros norte-americanos neste mês pela primeira vez em quase uma década.

(G1 – 04/12/2015)

Login